CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Sevilha a nº13

A minha décima terceira Maratona já está!!!!

Cartaz da Maratona de Sevilha (Foto Isabel)
Apesar de não ser uma das Maratonas de topo de Espanha fiquei muito bem impressionado com a organização desta prova. Talvez o único apontamento menos positivo é a feira que é extremamente pobre, quase inexistente. As ofertas que dão aos atletas são boas se pensarmos no preço que se paga (camisola técnica sem mangas, meias e calções).


Os tugas na feira (foto Isabel)
A prova parte e chega no Estádio Olímpico onde impera uma organização muito simples e eficaz. Durante todo o trajecto a organização está sempre presente com o objectivo de ajudar os atletas. Tivemos abastecimentos de 2,5 em 2,5km fornecidos por voluntários extremamente jovens que fazem o máximo para incentivar todos os atletas. De salientar também a existência muitos locais onde se pode encontrar ajuda médica.
Relativamente à minha prova posso dizer que correu bem, pois consegui fazer a minha terceira reconfirmação de mínimos para a Maratona de Boston (3h29,26s). Mas...
Desta vez bati no “muro”.
Nada que eu não estivesse à espera em função dos indicadores dados pelos treinos. Quando parti tinha 3 objectivos: O tradicional (acabar), o realista (tentar reconfirmar os meus mínimos) e o sonhador (bater ou ficar muito perto do meu record).
Mas voltando acho ao “muro”, ou como eu e Ana o rapelidamos “monstro dos hidratos”, ele visitou-me no local esperado (32km) e ficou lá até ao fim como podem ver no gráfico que abaixo apresento.

Tempos médios por km com recolha de 5 em 5km e à meia e no final
Parti então sincronizado no objectivo mais alto. Apesar de do primeiro km muito lento fui aos poucos recuperando e por volta do 10km já estava dentro do objectivo.

Passagem cerca dos 6km (foto Isabel)

Passagem aos 10km (foto Isabel)
 Dos 10km até à meia-maratona mantive o objectivo pretendido, ou seja, andar a ritmo de 4:50/km. De tal maneira que à minha passagem à meia estava dentro do ritmo para record.

Passagem por volta dos 16km (foto Isabel)
 Mas a partir daqui o ritmo caiu muito. Até aos 32km consegui andar quase sempre abaixo dos 5:00/km mas a partir dos 32km o monstro chegou. Mas para sorte minha, a minha querida amiga Ana chegou para me ajudar a fazer os últimos 10km. A sua força, amizade e aquela bandeira que transportava consegui “arrastar-me” até à meta. 

Eu a Ana e a bandeira por volta dos 32km (foto Isabel)
Em todas as anteriores maratonas, apesar já ter batido no “muro”, nunca como desta vez senti o embate de forma tão violenta como esta. A partir dos 34km só me apetecia andar. Mas o ânimo “silencioso” da minha amiga e de todos aqueles que se alvoroçavam quando a bandeira portuguesa passava ajudou-me a não parar até ao 40km, onde tive que parar durante cerca de 1 minuto para beber água. Mas a mão milagrosa da Ana empurrou-me e o motor lá se manteve em funcionamento, apesar de ir aos solavancos. Mas quando o balão das 3h30m passou por mim, perto do 41km, resolvi ir atrás dele sem muito êxito mas o suficiente para consegui manter a terceira velocidade. À entrada do estádio a Ana resolveu não entrar (fiquei cheio de pena de ela não gozar o ambiente) e passou-me a bandeira para a mão.

Passagem de testemunho (foto Isabel)
Agora só faltavam poucos metros até à meta. O túnel primeiro e depois o estádio. Quando entrei desfraldei a bandeira bem alto e o estádio veio abaixo. Foi mesmo espectacular.
E assim terminei a minha 13 Maratona agora só tinha que procurar os meus amigos e desfrutar o momento.
Esta blog só foi possível devido às excelentes fotos da minha amiga Isabel que um dia deste começará a correr connosco. As promessas não se esquecem.

4 comentários:

JP disse...

Muitos parabéns. Para o ano se calhar vou experimentar esse muro...
Se a organização é boa, ainda melhor. E como foi de público nas ruas? E quantos atletas chegaram ao fim?
Parabéns a todos

Anónimo disse...

Olá Senhor Presidente
o muro lá foi deitado abaixo, mais uma vez.
Parabéns, excelente tempo; venha a 14ª.
Abraço
AB

pnv disse...

Parabéns Presidente!

Abraço

Carlos Lopes disse...

Parabéns