CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

sábado, 5 de setembro de 2009

Correr de manhã vs...

Estava eu a actualizar os dados do meu treino, no software que normalmente uso (SportTracks), quando verifiquei que este, entre vários relatórios interessantes, contabiliza o treino em função da fracção do dia em que o mesmo decorre. Dos cerca de 1400km percorridos, já este ano, estes foram divididos conforme se pode ver na figura abaixo:


De manhã (57%), ao meio-dia (20%), ao fim da tarde (20%), tarde (3%) e à noite (1%).

Como podem ver eu gosto muito de correr logo cedo na manhã, mas quando analiso com cuidado alguns dos sentimentos a que sou sujeito quando corro nesta altura dia encontro sempre mais contras do que prós. Mas então porque corro tantos km´s nesta fracção do dia?

Vejamos como eu analiso alguns dos meus prós e os contras: ACORDAR MUITO CEDO – definitivamente é um contra; como normalmente tenho alguma dificuldade em adormecer antes da 1h para começar a treinar às 7h tenho que me levantar às 6h o que para mim custa muito. BAIXA PRODUTIVIDADE – Em termos físicos nesta altura do dia os treinos efectivamente correrem quase sempre “mal”. Sinto-me sempre “preso” e com dificuldade em fazer treinos um pouco mais “duros”.Efectivamente, existem alguns estudos que nos mostram que existem alguns dados fisiológicos em que os atletas apresentam diferenças significativas em função da altura do dia em que os dados são recolhidos Um dos estudos que tive acesso tem uma bom resumo destes dados na sua introdução ( Martin, L.; Doggart, A.L. &. Whyte , G.P. (2001). Comparison of physiological responses to morning and evening submaximal running. Journal of Sports Sciences, , 19, 969-976.). COMEÇAR A TRABALHAR COM O TREINO JÁ FEITO – este é um sentimento fantástico. Depois do treino um bom banho e um bom pequeno-almoço predispõem-me, quase invariavelmente, para uma manhã de trabalho muito produtiva.

E para si qual é a altura do dia em que mais gosta de correr? E porquê?

3 comentários:

Pedro Teixeira disse...

Para mim, um problema de agendar o treino para o fim do dia é que por vezes... ele já não acontece! E quando acontece, muitas vezes o corpo (e cabeça) já estão tão cansados que o treino não rende...

Dito isto, partilho a (crescente) dificuldade em por a máquina a trabalhar de manhã cedo, sobretudo sem cafeína...!

(Deixo para o Buda PO um comentário "mais especializado" sobre esta matéria...!)

César disse...

Eu corro sempre à noite e as razões são várias.
De manhã acordo cedo, pois tenho dois despertadores humanos (2 e 6 anos) e tenho tarefas familiares a desempenhar.
De manhã tenho dificuldade em ser activo.
À noite, saio para correr depois de os meus filhos se deitarem.
À noite, o ambiente citadino é mais calmo e menos poluído. A temperatura é também (por norma) mais agradável, podendo ser fria demais em alguns dias de inverno (a roupa tem aqui um papel fundamental).
Em relação ao cansaço acumulado durante o dia, depois de se iniciar o treino, tudo fica para trás, mas antes de começar a equipar-me é necessária mais determinação, pois o sofá está sempre ali ao lado a aliciar o corpinho :D

JP disse...

Acho que o vi hoje na prova, ao início. Agora ligo o rosto que vi à foto.
Eu gosto de treinar pela manhã, mas tenho consciência de que os treinos, principalmente de mais potência, rendem mais ao fim do dia. Se o dia de trabalho não tirar a disposição.
A sensação de ir trabalhar depois de uma corrida é valiosíssima.